Sala de imprensa Artigos

Ver artigos   

Setembro/2017 - Toni Sando

O maior bem de uma empresa

Há desafios que não são exclusivos do segmento MICE ou de qualquer outro segmento ou setor da economia. Trata-se em como lidar com o maior valor que uma companhia pode ter: as pessoas.

Mesmo em momentos de crise e alto índice de desemprego, é preciso encarar a valorização dos profissionais sempre com prioridade. Afinal, o nível de satisfação e autoconfiança impacta diretamente na produtividade e na busca por soluções inovadoras que podem transformar problemas em oportunidades.

Mas, enfim, o que é de fato valorizar o colaborador? O reconhecimento por meio de bônus, comissões, promoções e ações salariais são apenas algumas das inúmeras faces da motivação. São efetivas, claro, mas pouco vale se não forem aplicadas junto aos gatilhos de motivações, esses sim, pessoais e muitas vezes sem padrão lógico em um grupo de pessoas. Vamos falar sobre alguns.

Hoje, valorizar também é empoderar. É confiar na inteligência do colaborador, nas ideias e no protagonismo de todos que, quando com vontade de fazer a diferença, podem contribuir na construção de grandes oportunidades de negócios e desenvolvimento.

É também criar um espaço propício para a criatividade. Muitas empresas exigem de seus parceiros a criatividade, mas poucos sabem que a própria companhia tem papel importante para a construção de possibilidades criativas, desde seu ambiente de trabalho, forma de hierarquia, apoio a cursos e atualizações, incentivo a outras atividades, como leitura, cinema, música, passeios etc.

É incluir o colaborador no processo criativo, desenvolvendo assim, um sentimento de pertencer. E colocar em prática os valores da diversidade e da igualdade, sabendo ouvir cada necessidade e tomando decisões para cada vez mais criar ambientes saudáveis para colaboração mútua.

Walter Longo costuma falar sobre o “nexialismo”, que faz muito sentido. Hoje, há espaço tanto para os especialistas, verdadeiros mestres em suas áreas de atuação; assim como para os generalistas, que conseguem aplicar o senso de nexo entre os especialistas para que o resultado final venha da união inteligente do trabalho de cada um.

O que é certo é que práticas antigas de recursos humanos não valem mais para os dias de hoje. Como trabalhar com equipes de gerações diferentes? Afinal, é preciso reconhecer a bagagem dos profissionais de longa data, ao passo que é necessário renovar os processos e aplicar tecnologia para maiores resultados.

Ainda assim, mesmo com as melhores práticas para gestão de pessoas, o mercado pode ser cruel. O Brasil conta hoje com um índice de desemprego de mais de 13%. Mesmo em empresas-exemplo neste assunto, a demissão pode ser algo inevitável. As vezes o gestor tem que tomar decisões difíceis. Para crescer, em muitas ocasiões, tem que dar um passo para traz e criar um novo impulso e um novo modelo de atuação.

Os recursos são escassos e, entre a receita e despesa, não há desaforo. A gestão dos custos e despesas, tanto na vida pessoal como no ambiente profissional, é a mesma. É como unha: se não corta, continua crescendo e as consequências são comprometedoras.

Por fim, devemos exigir um mercado com profissionalismo, excelência e qualidade no atendimento e em processos, mas, para isso, temos que estar dispostos a desenvolver as pessoas que nos cercam e dividem as responsabilidades pela inovação no setor.


  • Toni Sando

    Toni Sando

    Presidente Executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau

*Presidente Executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau, Toni Sando tem em seu currículo graduação em Administração de Empresas pela Universidade São Judas Tadeu (USJT), cursou pós-graduação em marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), e tem MBA em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Seu histórico profissional inclui destacadas atuações nas áreas de operações, marketing, produtos e negócios no mercado financeiro (bancos Noroeste, Nacional e Unibanco). Durante sete anos dedicou-se à área de marketing da Accor Hotels na América do Sul.

Busca Agenda

+ busca avançada Buscar   
  Relatório 2016
  ÍNDICE DE PREÇOS - TRIVAGO
Personal Guides

Vídeos

7388755

Podcast com todos os eventos acontecendo semanalmente

  SPCVB 33 anos

Twitter