Sala de imprensa Artigos

Ver artigos   

Novembro/2015 - Toni Sando

Não existe Salvador da Pátria

O turismo é uma grande engenharia de múltiplos conhecimentos interdependentes, uma máquina cujas engrenagens sincrônicas têm papel vital em seu funcionamento. Um movimento dissonante das peças pode afetar toda a experiência de um visitante em um destino. Do aeroporto ao hotel, são diversos os momentos, grandes e pequenos, que podem salvar ou destruir uma experiência: no taxi, com manobristas, guardas de trânsito, recepcionistas, balconistas, entre outros.

Se a viagem foi motivada por um evento, o centro de convenções, infraestrutura ao redor, promotores, estandes, qualidade dos painéis e palestras, comunicação visual, informação do destino, opções de entretenimento, tudo é agente pressionando contra ou a favor do visitante - e do próprio destino. Neste momento, ganham destaques as ações integradas de hospitalidade realizadas, uma vez que, se um evento não se concretizou da forma esperada, o destino ou o equipamentos serão os primeiros lembrados negativamente pelo visitante.

Os Convention and Visitors Bureaux, entidades mercadológicas que têm papel fundamental na integração dos diversos setores do mercado, são apenas um exemplo das diversas entidades que compreendem a importância da aproximação entre o público e privado, para que atuem em paralelo e com independência, em prol do desenvolvimento do turismo. Com a instituição da UNEDESTINOS, União Nacional das Entidades de Destinos, aumentam os esforços para maior representatividade e fortalecimento dos profissionais por meio da qualificação.

No Estado de São Paulo, há quase 32 anos o SPCVB, fundação estadual e primeira entidade do gênero no Brasil, trabalha para fortalecer os CVBx regionais e para a união do trade, interligando associações e entidades públicas e privadas, passando pela hotelaria, alimentação, comunicação, eventos, comércio, shopping centers, viagens, espaços de eventos, transportes, sindicatos etc.

Representantes de entidades acompanharam de perto o debate para a Lei de Incentivo ao Turismo e da nova legislação para Municípios de Interesse Turístico. Campanhas como o "Fique Mais Um Dia" e o "Descubra São Paulo" incentivam que o visitante conheça mais São Paulo, cidade e estado, oferecendo uma completa oferta de atrativos turísticos para todos os gostos, em uma ação em parceria com a Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, São Paulo Turismo (SPTuris), Associação das Prefeituras das Cidades Estâncias do Estado de São Paulo (APRECESP), SPCVB e uma ampla cobertura da Associação Brasileira de Jornalistas de Turismo (ABRAJET) e dos principais veículos do trade.

Acompanha-se também com muita expectativa, desde o chamamento público, a consulta aos empresários promotores e ao processo de PPP do Anhembi, que está em andamento. Afinal, por anos, o mercado cobra uma posição mais objetiva do setor público quanto a disponibilizar o investimento necessário ou criar condições para a iniciativa privada oferecer aos visitantes, expositores e aos trabalhadores em geral, o conforto e competitividade necessários. O momento parece ter chegado.

Por fim, há bons exemplos de visionários que veem o futuro com grande potencial e que investem em reformas e expansões, como o Centro de Convenções Frei Caneca, Centro de Convenções Rebouças, Transamerica Expo Center, Expo Center Norte, o novo projeto do São Paulo Expo, entre outros. É o mercado sentindo a demanda e se movendo para atendê-la.

Quando presenciamos alguns políticos ou seus assessores mais próximos, que nada conhecem do setor, assumindo alguma função executiva e, nos seus primeiros pronunciamentos, preparam discursos e frases prontas sobre a importância do turismo, apontam falta de união do trade ou, ainda, afirmam que não há trabalho de promoção do destino, e que este será iniciado somente agora, percebemos que subestimam a capacidade e o esforço profissional dos que muito já fizeram neste mercado. Diversos profissionais sérios, tanto públicos como privados, deixaram seu legado, criaram grandes empresas e foram e são reconhecidos pelas principais organizações especializadas hoje.

É ingenuidade dizer que o trade é plenamente unido ou que a promoção de um destino foi completamente realizada. Como em todo setor, há sempre conflitos de interesse e negociações. Mas é muita pretensão aos que chegam agora se posicionarem como Salvadores da Pátria.


  • Toni Sando

    Toni Sando

    Presidente Executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau

*Presidente Executivo do São Paulo Convention & Visitors Bureau, Toni Sando tem em seu currículo graduação em Administração de Empresas pela Universidade São Judas Tadeu (USJT), cursou pós-graduação em marketing pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), e tem MBA em gestão empresarial pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Seu histórico profissional inclui destacadas atuações nas áreas de operações, marketing, produtos e negócios no mercado financeiro (bancos Noroeste, Nacional e Unibanco). Durante sete anos dedicou-se à área de marketing da Accor Hotels na América do Sul.

Busca Agenda

+ busca avançada Buscar   
  Relatório 2016
  ÍNDICE DE PREÇOS - TRIVAGO
Personal Guides

Vídeos

7388755

Podcast com todos os eventos acontecendo semanalmente

  SPCVB 33 anos

Twitter